30/03/2017

28/03/2017

645 - Da bagagem


Na bagagem, todo um manancial emocional, material e sensorial
peças de um todo que, sozinhas, não fazem qualquer sentido.

27/03/2017

Mariazinha




Feliz aniversário Mariazinha
Um beijo enorme daqui até aí

*****
A morada desta amiga é  
AQUI 



24/03/2017

644 - Em Abril, palavras mil


ditas em Março


Eu já deixei, não palavras minhas, mas as que alguém escreveu e, eu gostei.

Gostaria de outras ver, 
quem sabe... as traz a chuva, 
ou o vento, ou frio, ou as flores que já espreitam, 
ou outro motivo qualquer.



É chuva de vida
ou de pensamento?
Se chove tanto,
chovesse mais...
Mais que chuva,
mais que vento:
chovesse Céu.

Chovesse o Céu, eu voaria?
Ventaria feito papel?
Se eu voasse, nadaria?
Ou eu, pipa, levada ao léu,
da chuva me encharcaria,
à mesma força que me nasceu?

Que chuva chove?
Se é de vida,
chovesse o Céu!

Célia Lima

22/03/2017

643 - A música




subir a alma até à altura do céu, e ouvir a música das coisas que não se podem ver 

***
A minha interpretação numa imagem
dum trecho, do belíssimo texto de Miss Smile nas suas - Notas de Chá



C.N. GIL


.
Parabéns a TU Sô Gil



****

Ele mora - AQUI



 

16/03/2017

Maria Fael



Como andas entre a Covilhã e S. Miguel
aqui fica um presente que não ficará por entregar
Beijinho e parabéns 



06/03/2017

04/03/2017

641 - Das provas deixadas



Ah! Não negues! Que eu bem vi as tuas pegadas à entrada da minha porta
porque não entraste?
porque não viste tomar chá comigo?
Heim?! ai. ai...




03/03/2017

640. - Ramos e Folhagem



ramos e folhagem


percebeu-se como árvore

a folhagem abrigá-la-ia
nos dias de sol

os ramos defendê-la-iam
nos dias de chuva

só a terra protege do céu


Palavras de: Xilre

02/03/2017

639 - A invisivel melodia


a invisível melodia
no meio do jardim sentiu um aroma a orquídeas, era ela.

Palavras de: mil-anos